Conselhos e sugestões para quem vai fazer plástica

É possível notar que a maioria das pacientes que fica insatisfeita com resultados da cirurgia ou que apresentam complicações, não foram adequadamente orientadas pelo profissional. Ou seja, não sabiam ou não quiseram saber detalhes sobre a sua cirurgia, sobre os cuidados de pós-operatório e, principalmente, sobre as limitações do resultado a ser alcançado. Existem algumas sugestões para tornar a cirurgia e o pós-operatório o mais tranqüilo possível e para você alcançar resultados que estejam dentro das suas pretensões. Veja as dicas:

Médico

O primeiro passo é consultar um cirurgião plástico, do qual você tenha indicação de pessoas da sua confiança. Durante a consulta, veja se você sente segurança e simpatia pelo profissional, aí sim decida se este será o profissional responsável pela sua operação. Depois de escolhido, tire todas as suas dúvidas e acabe com seus medos. Pergunte tudo a respeito do seu pós-operatório, tempo de afastamento, a cirurgia, a internação, cuidados com a área operada, uso de modeladores, e tudo mais o que vier à sua cabeça. Informar-se previne problemas durante a sua recuperação e estresse desnecessário. E lembre-se: as dúvidas deverão sempre ser tiradas com seu médico.

Tenha sempre à mão os telefones dele: consultório, celular e, se possível, da casa. Comente sobre a cirurgia apenas com as pessoas diretamente envolvidas com o seu pós-operatório. Vá a pelo menos uma das consultas acompanhada pelo familiar ou amigo que ajudará você após a cirurgia, assim a pessoa poderá assimilar mais informações e lembrar de algumas dúvidas a serem tiradas.

Exames pré-operatórios

Essa etapa é de extrema importância para a cirurgia. Faça corretamente os exames laboratoriais, a avaliação cardiológica, além de uma consulta com o anestesiologista, quando você poderá tirar suas dúvidas sobre a anestesia e a sedação que serão utilizadas. Lembre-se: somente se submeta à cirurgia com a participação de um médico anestesista, em clínicas com licença sanitária para esse fim. Não tenha vergonha de pedir para ver a documentação do local, pois este é um direito seu e garante a sua segurança.

O dia anterior

Organize-se. Adquira o modelador e/ou sutiã e os medicamentos prescritos pelo médico e não esqueça da depilação. Defina quem vai levar você para o hospital e quem vai pegar na volta para casa.

O dia da cirurgia

No dia da internação, não aplique cremes ou maquiagem, não use jóias ou objetos metálicos e faça o jejum orientado pelo cirurgião. Tenha ao seu lado pessoas que fazem você se sentir bem ou vá sozinha. Tenha pensamentos positivos e não esqueça que o médico será o seu melhor amigo após a sua cirurgia.

Momentos decisivos

Escolhido o médico, a clínica e feitos os exames pré-operatórios, alguns cuidados deverão ser tomados nos dias que antecedem a cirurgia:

1. Não faça regime para não desnutrir seu corpo.
2. Não visite hospitais para não contaminar sua pele com bactérias hospitalares.
3. Pare de fumar pelo menos 30 dias antes da cirurgia.
4. Siga uma alimentação saudável na semana da cirurgia.
5. Tome precauções para não engravidar.
6. Medicamentos de uso contínuo deverão ser tomados conforme a orientação médica.
7. Programe suas férias ou licença para o repouso depois da cirurgia.
8. Marque a drenagem linfática com profissional, de preferência indicado pelo seu médico.